Home

Doação de Campanha – os dois lados

19/05/2010

Após solicitar esclarecimentos ao vereador Abou Anni e ao autor do vídeo Riacho dos Machados, Lourivaldo, recebi respostas a respeito da doação de campanha que é pano de fundo deste caso.

Ao pesquisar na internet também encontrei notícia, publicada em outro post, sobre o julgamento da legalidade da doação.

Seguem as manifestações:

Do vereador:

“É com enorme satisfação que lhe informo, em primeira mão, que o processo relativo a “doação de campanha” promovida pelo MP, da qual este Vereador, inclusive, foi indevidamente acusado pelo Sr. Lorival no vídeo da comunidade do “riacho dos machados”, foi, na data de hoje (13/05/2010), por volta das 17:30 horas, julgado pelo Tribunal Regional Eleitoral, vale dizer, composto por 7 membros do Poder Judiciário, tendo sido, na ocasião, votado, por unanimidade, pela legitimidade, e, portanto, legalidade da doação recebida pela AIB (Associação Imobiliária Brasileira), mesmo porque à declaração da referida doação foi dada a devida publicidade por este Vereador sendo, após, aprovada pelo Tribunal Eleitoral.

Assim, a Justiça se reestabeleceu diante das acusações indevidamente publicadas nos veículos de comunicação.

Esperamos, então, que a divulgação da idonea reputação deste Vereador, nos meios de comunicação em massa, seja veiculada na mesma proporção em que foi disseminada a infundada acusação, desta vez, porém, positivamente, pois a VERDADE, até então, distorcida, finalmente, APARECEU!!”

De Lourivaldo:

“Os vereadores.

Todos os vereadores ditos ilegais que fazem parte da parte que reparte e parte a parte dos que não precisam para os que tem interesses em estar juntos dos que cobram depois de ajudar.

Nas eleições de 2008 vereadores receberam doações ilegais, principalmente da AIB, entidade que é proibida de doar a campanhas eleitorais, entidade esta que o ministério publico esta acompanhando de perto, somente para ilustrar, a AIB doou mais do que tem de patrimônio nas últimas eleições, mas independente desse ou daquele que doou, o fato é que o juiz entrou com o pedido de cassação, a gente sabe que em campanha muitas podem acontecer problemas como este, mas um detalhe não passa batido: a soma inicial dos primeiros  vereadores que receberam essa doação somam 1.655.000,00 ( Um milhão seiscentos e cinqüenta e cinco mil reais), a ironia do destino que não é cruel com esses cidadãos é que  dois já foram inocentados, são eles Gilson Barreto e Carlos Apolinário (já deve ter mais), a grande sacada é que esses dois foram inocentados não por terem pego o dinheiro ilegalmente e sim porque expirou o tempo para a cassação que se encerrou 15 dias após a diplomação dos mesmos.

Deixo claro que tenho noção de como acontece esses esquemas, exatamente por saber disso que não procurei culpados em inocentes  e sim quem tem e quem não tem essência, por conta disso chamei a essência dos parlamentares num ato ingênuo mas proposital  e de coerência com a natureza humana, ou seja, fiz uma campanha tipo “devolva o dinheiro” e fiz vídeos desafiando os vereadores a resgatar a essência que existe em cada um, tinha m mente que pelo menos um fosse mostrar dignidade, o que não aconteceu, na verdade o que aconteceu foi exatamente o que se espera de gente que esta no poder, ou seja: ao invés de remeter a humildade todos foram pela caminho óbvio, ou seja: ninguém abriu mão da situação que se encontrou e preferiram caminhar pela lógica ilógica, tanto o partido quanto o parlamentar, lamentável.

Fiz um vídeo a respeito link http://videolog.uol.com.br/lourivaldo2/videos/542600 veja o vídeo, nele coloco principalmente com a linha que o vereador colocou e em resposta faço minhas colocações, como disse, não tenho, não quero, não preciso e justamente por isso faço o que faço, meu objetivo é minha comunidade ser feliz, estamos conseguindo nossos objetivos principalmente com a linha “ chamamos pessoas de boa vontade” e isso tem funcionado perfeitamente, ou seja: sou apenas uma ferramenta desse processo que se iniciou a partir de uma chuva ocorrida no dia 23-02-2009, minha luta continua e só vai parar quando a obra da comunidade for iniciada, até lá, serei a pedra no caminho de todo parlamentar seja ele quem for, sem medo de ser feliz, mas principalmente com  a missão de repassar a semente.

Fique a vontade para expressar sua opinião,  estou a disposição a hora que você quiser,  assim como você não aceito hipocrisias nem falsas verdades, doa a quem doer, nesse universo não sou vilão sou a vitima.

Viver é não temer a realidade aquilo que me fere é aquilo que me fortalece antes de acreditar nos outros acredite em você.”


Gostaria de esclarecer a quem de interesse for que o que busco através da participação no projeto Adote um Vereador é contribuir para que acompanhemos da atuação de nossos vereadores. Por isso questiono a respeito de informações encontradas na internet e por isso concentro as manifestações dos envolvidos neste blog.

Não tenho condições de defender ou acusar sobre aquilo que não domino, nem testemunhar sobre realidade que não conheço, mas tenho a intenção de expor as questões levantadas, buscando contribuir com a transparência da gestão de São Paulo.

Eu havia retirado post sobre o vídeo por não ter recebido explicações a respeito do caso. Diante das alegações retomo o que foi posto e mantenho aberto o canal de comunicação com ambas as partes.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: